Últimas Notícias
  1. 50 anos de basquetebol
  2. Pedro Dias é o novo treinador da equipa feminina de basquetebol
  3. Um novo capítulo de uma História sem igual
  4. Neemias Queta marcou presença
  5. Participação nas Festas de Albufeira 2022

BASQUETEBOL

PRÓXIMOS JOGOS

SÉNIORES MASCULINOS

19 de Novembro, 2022
Pav. Fidelidade
win
Benfica
63 / 55
CD Póvoa
5 de Novembro, 2022
win
CD Póvoa
80 / 46
Sangalhos
29 de Outubro, 2022
Pav. Clube Amigos do Basquete
CAB Madeira
88 / 91
win
CD Póvoa
22 de Outubro, 2022
Pav. Fernando Linhares de Castro
CD Póvoa
66 / 75
win
FC Porto
15 de Outubro, 2022
Sport C Lusitânia
win
Lusitânia
73 / 67
CD Póvoa
8 de Outubro, 2022
Pav. Fernando Linhares de Castro
CD Póvoa
79 / 94
win
Sporting
5 de Outubro, 2022
Pav. de Esgueira
win
Esgueira
67 / 66
CD Póvoa
1 de Outubro, 2022
Pav. Fernando Linhares de Castro
CD Póvoa
76 / 86
win
Vitória SC
24 de Setembro, 2022
Arena de Ovar
win
Ovarense
88 / 70
CD Póvoa

A MODALIDADE

Objetivos da Secção

Atualmente, o clube constrói as suas equipas seniores com uma ligação muito forte à cidade e aos seus escalões de formação, para que o percurso possa ser estável e financeiramente sustentável. Nos escalões mais jovens, o basquetebol assume-se como a modalidade que tem mais atletas inscritos no clube e a competição é feita a nível distrital e nacional, com acesso a pontos altos como as fases finais distritais e nacionais.

Atividades

Em paralelo com o funcionamento quotidiano das equipas de todos os escalões feminino e masculino, o a secção tem organizado diversas atividades complementares ligadas ao basquetebol, das quais se destacam o “Minibasquete nas Escolas” e dois torneios internacionais, em agosto e setembro, com impacto económico direto no setor da hotelaria e restauração poveiro.

Equipa e Atletas

A secção de basquetebol, na época 2001-22, é constituída por 12 equipas e 244 Atletas federados.

  • Sub-08 (29) Hugo Matos
  • Sub-10 (31) Paulo Sérgio
  • Sub-12 (28) António Castro
  • Sub-14 Masculino (26) Hugo Matos
  • Sub-14 Feminino (17) Miguel Queirós
  • Sub-15 Masculino (25) Albino Mota
  • Sub-16 Masculino (10) Filipe Dinis
  • Sub-16 Feminino (18) Paulo Sérgio
  • Sub-18 Masculino (24) Ivo Gonçalves
  • Sub-19 Feminino (5) Hugo Matos
  • Seniores Masculinos (26) José Ricardo (Eq. A) + Ivo Gonçalves (Eq. B)
  • Seniores Femininos (5) Hugo Matos
1971/72
Início da Modalidade
Armando Frias, antigo praticante de basquetebol e, na altura, diretor do CD Póvoa, aproveitou a experiência dos Jogos Juvenis e decidiu formar no clube uma equipa federada. Nascia, assim, na época 1971/72 uma nova modalidade, que nos anos seguintes viria a desenvolver-se consideravelmente. No final de 1971, graças ao contributo do atleta Dimas Pinto, surge o minibasquetebol que, mais tarde, dará origem à primeira equipa de iniciados do CD Póvoa, dirigida pelo Prof. Rios da Fonseca.
1973
Nasce o Basquetebol Feminino
A partir daqui, a secção não mais parou de evoluir, tendo sido criado, em 1973, o basquetebol feminino sobre a orientação de Dimas Pinto e, posteriormente, de Victor Guimarães que veio dar continuidade ao projecto. Neste sector, o Clube passa a gozar de um estatuto de grande relevo no contexto da Associação de Basquetebol do Porto
1975
As dificuldades
Em 1975, a secção englobava já oito equipas federadas, distribuídas pelos escalões masculinos e femininos. No entanto, a este súbito crescimento da secção seguiu-se um período crítico, marcado pela falta de estruturas, por problemas no quadro técnico e no setor administrativo, que até então “sobrevivia” graças à boa vontade de José Francisco, um jovem que ganhara muita experiência na organização dos Jogos Juvenis. A situação complica-se ainda mais entre 1975 e 1976, com a saída de alguns dos grandes entusiastas, uns para cumprir o serviço militar, outros para ingressar na universidade, estando neste último grupo incluído Dimas Pinto. O basquetebol do CD Póvoa registava, assim, um retrocesso motivado essencialmente pela falta de quadros técnicos. Entretanto, das ex-colónias surgiram atletas que, pelas suas qualidades, vieram prestigiar a modalidade, e pessoas interessadas em reavivar os quadros técnicos da secção. Ultrapassadas as dificuldades, novas condições foram criadas para um longo e vigoroso processo de crescimento. O número de jovens interessados na modalidade era de tal forma elevado que, durante alguns anos, também o Varzim apresentou algumas equipas em competição. No CD Póvoa, o basquetebol assumiu-se como uma das modalidades mais importantes, pelos feitos que foi conquistando ao nível distrital e nacional.
1986
Equipa Feminina Vence a II Divisão
A equipa feminina conquista o campeonato nacional da II Divisão e é nesta década que o número de praticantes femininas começa a aumentar no clube.
Década de 90
Consolidação do Projeto Feminino
Todo o trabalho iniciado na década de 80 culminou com a consolidação do basquetebol feminino no CD Póvoa. Com uma aposta forte na formação, a secção conseguiu formar equipas competitivas em todos os escalões, alcançando títulos nacionais ímpares, como: 1994/1995 - Campeonato Nacional de Cadetes Femininos (atualmente sub-16);  1997/1998 - Campeonato Nacional de Juniores Femininos (atualmente sub-19);  1996/1997 - Campeonato nacional da II Divisão de Seniores Feminina
1999 a 2001
Um título para a História
As décadas de 80 e 90 foram brindadas com inúmeros títulos, mas foi na época 1999-2000 que o CD Póvoa viveu aquele que foi, certamente, um dos momentos mais marcantes e um dos maiores êxitos obtidos em todo o historial do clube: o título de Campeão Nacional da I Divisão em seniores femininos. Esta geração gloriosa do basquetebol feminino do CD Póvoa fecha com chave de ouro a sua fantástica época, com a conquista da Supertaça Feminina, em 2000/2001.
2019 a 2021
Masculino
Em 2018, com o regresso a casa do treinador José Ricardo Rodrigues e de alguns atletas da Liga (com toda a formação feita no nosso clube), o basquetebol masculino no CD Póvoa tomou um novo rumo. Sempre com uma forte aposta na formação como base das equipas seniores, inicia-se um caminho brilhante. Começa na época 2018-19, com a conquista da CNB1, e prossegue dois anos depois, com o título nacional da Proliga e a consequente promoção ao I escalão do basquetebol nacional, a Liga Betclic. Feito nunca antes alcançado, com a mais-valia de integrar no plantel jovens atletas formados no clube.
2022
Os dias de Hoje
O basquetebol é uma modalidade que pretende obter resultados competitivos nos mais altos escalões, usufruindo, a médio e a longo prazo, dos talentos formados a partir da base do clube. Ao longo dos anos, várias foram as pessoas que estiveram ligadas à secção, das quais podem destacar-se José Ricardo Rodrigues como treinador, Dimas Pinto pelas qualidades humanas e técnicas, Alberto Midões pela sua perspetiva abrangente em relação ao clube e à secção, Luís Gonzaga, pelo seu trajeto como treinador e coordenador, e Fernando Araújo, pelo exemplo que deu como jogador de basquetebol. Entre muitos outros que fizeram e ainda vão fazer história. O basquetebol apresenta atualmente três equipas seniores em competições nacionais (duas masculinas e uma feminina), sendo que a equipa principal masculina disputa o mais importante escalão da modalidade, a Liga Betclic.
MAIN SPONSORS
PARCEIROS FINANCEIROS
PARCEIROS TÉCNICOS